#EscolhaAPaixão

E agora? É só me levantar e trabalhar todo os dias?

Sim.

Sozinho?

Provavelmente.

Para quê?

Não está claro.

Por quanto tempo?

Ninguém sabe.

Por que?

Porque é necessário.

Mas e se eu fracassar?

Você vai fracassar.

E aí?

Você decide se vai continuar tentando.

Será que é uma má ideia?

Isso não existe.

Mas e se for horrível?

Pare de duvidar e comece a fazer.

Nós vamos ter esta conversa de novo amanhã?

Se você quiser, sim.

Para onde tudo isso leva?

Pegue suas ferramentas. Trabalhe. E, com o tempo, você vai descobrir.

 

Esse diálogo fantástico é uma conversa imaginária entre aquela parte da gente que quer colocar ideias e projetos em práticas e aquele outro lado do nosso cérebro que fica achando que vai dar tudo errado.

Encontrei essa lindeza no livro Eu Sou as Escolhas que Faço, de Elle Luna. O título em português ficou meio brega. Em inglês é The Crossroad of Should and Must, que é meio difícil de traduzir mesmo. Mas o subtítulo explica bem a ideia do livro: como resolver o dilema entre o que o mundo espera de você e o que você quer do mundo. 

Elle é designer e trabalhou em grandes empresas como o Medium. Resolveu deixar essa parte da carreira para focar em arte, sua verdadeira paixão. Mas não se engane. Essa não é mais uma daquelas histórias do tipo advogada-bem-sucedida-que-largou-tudo-para-vender-brigadeiro-no-himalaia. Sempre que vejo esses relatos só consigo pensar em como essas pessoas pagam as contas!

O livro de Elle é sobre esse outro lado mesmo. Ela largou o emprego, comprou um estúdio e começou a pintar. Felizona. Mas depois bateu todas as dúvidas, medos e inseguranças normais de todo ser humano. Elle escreveu um texto maravilhoso no Medium (hehe) contando essa história

O livro é uma extensão deste texto inicial. Ela não tem as respostas. Ufa, ainda bem. Do contrário, seria uma leitura muito chata. Mas ela dá orientações muito simpáticas como encaixar a paixão na sua vida, de um jeito ou de outro. E fala sobre como mesmo que você não vá largar o emprego para ir vender brigadeiro no himalaia, não é preciso também esquecer tudo aquilo que te deixa feliz. 

De um jeito ou de outro, ou melhor, do jeito que der, #escolhaapaixão. 

PostLuna.png

Fotos: Acervo pessoal e 52 Cups of Coffee.

 


Vamos conversar no twitter@suzanavalenca

Adoro o Instagram. Vamos nessa? @suzanavalenca ou @3girlsabunchofbook

Precisa de produção de conteúdo para a internet? Conheça meus serviços